Keep calm que a noiva sempre casa!

keep-calm-noivaÉ unânime que antes de ser noiva éramos mulheres comuns com vidas normais, e com certeza cada uma de vocês já riu muito de uma noiva neurótica, e agora chegou sua vez de ser motivo de risadas – a noiva endoidou-!

Calma mulher! Descomplique a vida porque no final a noiva sempre se casa!

Pela expressão facial que vejo na minha mãe e minha sogra quando comento orçamentos e gastos, consigo claramente imaginar o quanto a anos atrás era muito mais simples organizar um casamento, e na simplicidade e descomplicação tudo sempre acontecia as mil maravilhas e todos eram felizes.

Quando fui pedida em casamento demorei algumas semanas para absorver a informação e então fui perguntar ao noivo o que exatamente faríamos para a oficialização (sim eu perguntei e eu mesma não tinha um plano!), foi quando ele me surpreendeu dizendo : “achei que você já estava vendo isso”. Então discutimos sobre o mês, o ano, qual dia da semana seria, o horário, o tipo de cardápio, o número de convidados, e claro, o orçamento.

Com tudo certo corri para a igreja e toda feliz e saltitante marquei a data, e nunca mais dormi…

Foi como se ao pegar os manuais e assinar os papéis eu tivesse contraído um vírus ou bactéria que me faria perder totalmente o sono até quase virar um zumbi , eu deitava na cama e o sono não vinha , queria decidir naquele momento sobre exatamente TUDO!

Depois de uns 10 dias nessa pegada frenética eu tive uma conversa muito séria comigo mesma e cheguei a conclusão que toda aquela ansiedade que eu tinha só iria me atrapalhar em tudo, nos orçamentos, nas decisões e até na minha beleza de noiva.

Então a partir daquele momento consegui me impor limites e metas para organização do meu grande dia:

1- Uma coisa de cada vez

O primeiro passo após discutirem o plano de casamento é correr atrás da data na igreja , ou se a cerimônia for no mesmo local da recepção , deve-se ir atrás do local do evento.

Somente após marcar a data da igreja e recepção você deve começar a realizar os outros orçamentos, e sempre um tema por vez , pois quando você vai orçando tudo indistintamente corre o sério risco de se enrolar e escolher mal (e depois se arrepender).

2- O mais caro primeiro

Procure começar a fechar os orçamentos com os serviços mais caros primeiro, assim terá mais tempo de parcelar os pagamentos e não ficará com parcelas muito altas para pagar (o que é outro motivo de estresse).

3- Não postar em redes sociais

Amiga , eu sei que da vontade de compartilhar com o mundo a sua felicidade , mas lembre-se que provavelmente você não incluirá na sua lista de convidados todos os seus 1500 amigos do facebook , sendo assim , entre em 1 milhão de grupos de noivas

mas não compartilhe NADA relacionado a casamento na sua timeline, e garanto para você que somente essa atitude já irá te livrar de muito stress! Porque eternamente haverá alguém que você não pensa em convidar e se sentirá convidado, e pior, irá te encher o saco por comentários ou inbox.

4- Pasta de inspirações

A pastinha de inspirações é aquela que você vai criar no celular , tablet e computador , que vai guardar toda imagem linda que você ver relacionado ao tema.

Primeiro provavelmente você vai encher seus cartões de memória, mas conforme o tempo vai passando e as coisas se resolvendo ela tende a diminuir e conter apenas o que vai de fato usar

5- Vá a todas as feiras de noivas que puder

… e leve com você aquela madrinha especial, que adora provar docinhos e tem muita paciência .

Pegue todos os folders que puder , converse com profissionais, participe de sorteios e curta o dia, mas, NUNCA FECHE NENHUM CONTRATO NA FEIRA.

Quando chegar em casa e analisar todo o material com calma aí sim é o momento de procurar os profissionais em seus escritórios , conhecer sua estrutura e negociar valores. Na venda de impacto as empresas te envolvem em pacotes que a grande maioria das vezes não são  vantajosos, e quando você cai em si já é tarde demais.

6- RELAXE

Se não conseguir relaxar, pelo menos tente!vida-de-noiva

Esse é um momento único na vida do casal, vocês vão planejar cada detalhe por meses ou anos e o dia vai chegar e passar muito rápido.

Então fuja do estresse com a família que quer se meter, com a madrinha que quer atrapalhar seus planos , com o noivo que não ajuda e etc.

Curta cada degustação , cada fechamento de contrato, cada pagamento finalizado e espere pelo seu momento. Divida as alegrias e conquistas com seu noivo.

No final tudo vai ser resolver, seu dia vai chegar, alguma coisa não sairá como planejado e ainda assim tudo será perfeito!

Beijos e até a próxima!!!

aline-coura Aline Coura



amor-Deus-casamento

Sobre o amor, Deus e o casamento

Completo hoje quatro meses de casada.

Quatro meses lindos e abençoados. Meses onde conseguimos perceber, dias após dia, o quanto Deus tem trabalhado por nós (e em nós) com extrema dedicação e carinho.

Embora quatro meses pareça pouco, já são mais de 10 anos de relacionamento.

Durante todo esse tempo, tivemos altos e baixos e chegamos a nos separar por duas vezes.

Já superamos uma crise quase insuperável. Dessas que separam qualquer casal, sabe?

Mas não a gente! Não, não… Aqui não!

Naquele momento em que tudo pareceu perdido, houve restauração.

Não uma restauração qualquer, feita por nós mesmos. Mas uma restauração pela graça de Deus.

Sim, Deus nos restaurou! Deus fez um milagre em nós!

E Ele fez isso de forma tão perfeita, tão tremenda, tão cuidadosa, que é impossível não perceber que foi Ele o autor de tudo.

É por isso que, desde então, buscamos estar cada dia mais próximos de Deus.

Ainda contarei aos quatro cantos essa história toda, em detalhes. Mas, por hora, basta dizer que após o dia da restauração, nunca mais fomos os mesmos.

Nos voltamos para Deus e fizemos Dele a nossa verdade.

E, como consequência, Ele se inclinou para nós e derramou (e continua derramando) sobre nossas vidas bênçãos infinitamente melhores do que um dia ousamos imaginar.

O nosso casamento foi único e super emocionante, não foi apenas uma celebração comum.

E, quando olhávamos para o lado, víamos todos se emocionando com a gente. Foi maravilhoso!

Lágrimas, sorrisos, gritos de “uhuuu”, “aêêêê”, “lindooos”.

Um noivo que não parava de chorar e uma noiva cujo coração não parava de pular.

Sentimentos evidentes transformados em votos.

Palavras de amor, declarações silenciosas.

A realidade do amor de Deus estampada em nossos rostos, gritando em nossos corações.

Até aquelas pequenas coisinhas que saíram fora do planejamento, se tornaram lembranças preciosas para nós.

E hoje, como marido e mulher, temos uma aliança. E alianças são inquebráveis!

Vivemos uma vida de felicidade diária. Somos um, sem separação.

Somos muito melhores juntos, depois de casados.

O meu esposo brinca, dizendo com todo mundo: “Se eu soubesse que casar era tão bom, já tinha casado antes”.

E é exatamente assim que pensamos. O nosso casamento é muito melhor do que imaginávamos que ele poderia ser.

Estarmos juntos, como uma só carne, é melhor do que nunca.

E sabe por quê? Porque os planos de Deus são sempre melhores do que os nossos!

Porque Deus faz infinitamente mais!

Porque Deus é o amor!

Nós só conseguimos amar alguém de verdade quando o amor Dele está dentro de nós.

E quando digo AMOR, não digo atração sexual, carência, paixão, dependência, desejo de possuir o outro.

Digo amor de verdade! Amor, amor!

E quando se trata de casamento, não dá pra amar com displicência. De jeito nenhum!

Por que será que temos tantos divórcios?

Será que não nos falta conhecer o amor de Deus? Será que não precisamos entender melhor o que é o amor? Será que estamos mesmo dispostos a amar de verdade e nos doar?

Eu não sei todas as respostas, mas acredito que, quanto mais nos questionarmos sobre como amar melhor, melhor amaremos.

Casamento é coisa séria e precisamos compreender isso, todos nós.

Não só as esposas, não só os maridos. Os dois!

Para finalizar, eu preciso te dizer que este não é um texto religioso.

É apenas um relato e, talvez, até uma espécie de depoimento.

É somente um texto sobre o amor, Deus e o casamento, segundo a minha própria experiência.

Sobre como o amor de Deus mudou a minha vida e meu relacionamento. E como esse amor constrói, dia após dia, um casamento abençoado.

É algo que desejo muito compartilhar, pois é bom para mim. E, com tanta maldade no mundo, eu creio que tudo que seja bom precisa ser compartilhado (não é?).

Também gostaria de te dizer só mais duas coisinhas bem rápidas:

1ª- Coloque Deus no controle da sua vida, coloque Deus no topo do seu relacionamento.

Esteja no centro da vontade Dele, tenha e deixe-o agir. Ele fará maravilhas por você!

2ª- Ame de todo o seu coração! Não brinque de amar, não tenha medo. Não perca tempo mentindo, enganando ou sofrendo. Apenas ame!

Dedique-se a pessoa que você ama e transforme o seu casamento no seu maior projeto de vida (isso vale tanto para os casados, quanto para os que irão ou pretendem se casar).

E acredite (de verdade), não há limites para o amor!

Deixo abaixo o trecho de uma carta de aniversário que escrevi para meu esposo, na semana passada, e que combina muito com este post:

 

“Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta” (I Coríntios 13:7).

Versículo que pode ser clichê para uns, utópico para outros.
Mas, em especial neste momento, faz todo sentido em minha vida.
O amor é paciente e bondoso. O amor é paz!
É o sorriso, o abraço, o aconchego, a saudade.
Ele não é injusto, nem egoísta. Ele também não é mal.
O amor tem que fazer o bem, senão não pode ser chamado de amor.
O amor verdadeiro não acontece em um piscar de olhos, ele precisa das adversidades cotidianas para florescer.
São as dificuldades superadas que o torna grande e digno.
São as batalhas vencidas que o torna vitorioso e invencível.
Para existir, o amor precisa do perdão, da concessão, da renovação.
Ele precisa ser conhecido, reinventado, aperfeiçoado. Todo o tempo!
O amor não transforma ninguém em objeto, ele humaniza.
Ele pode até te fazer derramar algumas lágrimas, mas ele mesmo as enxugará.
Os mais incrédulos podem dizer que o amor gera dependência, mas não é verdade. O amor liberta!
Talvez seja por isso que o amor é tão frequentemente confundido com uma série de outros sentimentos ou sensações que, facilmente, se vão.
Mas o amor, o verdadeiro amor, ele permanece!
Permanece na fé, na esperança, na espera.
O amor sempre vale a pena, sempre.
Ele é inesgotável! Quanto mais você doa, mais você recebe.
O amor é a plenitude de Deus, é a sua principal dádiva.
E sem amor, não nos resta nada.

Que Deus abençoe você! Bjos!

Texto: Vanessa Alkmim (@vanessaalkmim) em coautoria com seu esposo Francisco Serafim (@fc.serafim)

Foto ilustrativa do post: Bianca Ramos

 


1 (2)

O noivado duplo de Aruana e Raiana

Olá, meninas!

Hoje quero compartilhar com vocês as fotos de um noivado duplo.

Isso mesmo, um noivado duplo!

Uma história linda de amor e cumplicidade entre duas irmãs que ficaram noivas ao mesmo tempo.

Garanto que vocês irão amar:

“Somos Aruana e Raiana Aleixo, 21 anos, paranaenses e gêmeas.

Desde muito pequenas, fazemos exatamente TUDO juntas.

Na escola sempre estudamos na mesma turma, sempre dormimos no mesmo quarto (até hoje), sempre usamos roupas iguais (hoje, de vez em quando), nos tornamos fotógrafas e trabalhamos juntas, sempre tivemos os mesmos amigos, ou seja, somos grandes amigas e fiéis escudeiras.

Quando entramos na juventude, algumas coisas realmente um tanto quanto peculiares começaram a acontecer, a primeira delas foi o fato de termos conhecido os grandes amores das nossas vidas no mesmo período de tempo, e então começamos a namorar exatamente no mesmo dia, pois os nossos namorados são amigos e decidiram fazer isso juntos.

O segundo acontecimento foi nossa aprovação no vestibular de uma Universidade pública, sim, fomos aprovadas juntas para o mesmo curso, em fevereiro de 2016 pegaremos o nosso diploma, felizmente juntas.

O terceiro e maravilhoso acontecido, foi o nosso noivado, sempre sonhamos desde pequenas que nos casaremos juntas, e então no dia 03 de outubro de 2015 (exatamente no dia em que completamos cinco anos de namoro) demos o primeiro passo rumo ao casamento, noivamos!

Sim, os quatro juntos, com muita alegria e amor!

Os namorados sempre aceitaram a ideia, pois conhecem e respeitam nossa amizade e amor de irmãs, dessa forma, se jogaram de cabeça e nos ajudaram a realizar tudo como sempre sonhamos!

O noivado foi um café colonial da tarde, tudo foi organizado por nós mesmos e por nossas famílias, comida, decoração, lembrancinhas…Tudo.

Cada detalhe foi sonhado, planejado e se tornou realidade… Tivemos amigos e familiares ao nosso lado, comemorando e vivendo esse momento junto com a gente.

O noivado foi um sucesso, e estamos felizes em compartilhar com vocês a nossa história (meio maluca) e que não acaba por aqui, que venha o CASAMENTO DUPLO!

Para conferir o vlog do noivado e o clipe que foi produzido para passar no dia, acesse o canal clicando aqui e aproveite para conhecer mais sobre o nosso mundo onde tudo é em Dose Dupla!”

1 2 2-2 2-3 3 4 5 6 8 9 10 11 12 13 15

 


FB_IMG_1445803261664 (2)

O casamento da Dani e do Hugo

A história de amor da Dani e do Hugo provam que não há limitações para o amor.

E o grande dia deles foi daqueles lindos, que enchem nossos olhos de lágrimas.

Vejam só, através do relato da Dani, como o amor é perfeito…

“Casamos no dia 11 de outubro, foi uma data planejada pelo Senhor, Ele cuidou de cada detalhe!

Conheci o Hugo antes dele se acidentar, porém não nos falávamos, eu nem ia com a cara dele, depois do acidente que o deixou cadeirante começamos a conversar pelo Orkut e desde então não paramos de nos falar, pouco tempo depois ele me pediu em namoro e eu aceitei.

Dia 18 de novembro completamos 8 anos de namoro.

Não foi fácil chegar aqui, mas o  Senhor cuidou carinhosamente de nós, somos prova do amor e cuidado dEle.”

FB_IMG_1445803138589 FB_IMG_1445803173530 FB_IMG_1445803179574 FB_IMG_1445803183346 FB_IMG_1445803261664 FB_IMG_1445803673001 FB_IMG_1445803678089 FB_IMG_1445803999887 IMG_20151018_123026

Que Deus os abençoe, Dani!


anel-princesa

Anel de Princesa

28Então, Deus nos enviou a Terra e nos fez MULHER.

A história poderia apenas ser simples assim, mas não… Deus nos fez mulher e toda mulher é cheia de neuras, crenças, superstições, e claro… SONHOS.

A menina cresce, começa a namorar, o tempo passa e a ansiedade aumenta… “Quando ele vai pedir minha mão?”, “como ele vai pedir minha mão?”, “será surpresa?”, “faremos festa?”, enfim… são incontáveis pontos de interrogação na cabeça feminina.

Não tem como fugir do clichê minha gente! Você pode ser a menina mais descolada e achar toda essa coisa de casamento o momento mais brega e demodê do mundo, maaas um dia você vai cair nessa também, assim como eu caí.

O problema é o amor… você pode ter um coração de pedra, mas ele vai pegar você, vai sim! E nesse dia você vai perceber que juntar as escovas de dente, casar, ter “dois filhos e um cachorro” (Luan Santana sabe de tudo!) é o que faz a vida ter sentido.

Começamos a namorar em Setembro de 2013, juntamos as escovas de dente em Janeiro de 2014, e o pedido oficial veio em Maio de 2015.

Fico pensando o quanto idealizei aquele momento sublime em minha vida, e posso dizer que:

  • Não foi nada do que eu havia imaginado;
  • O noivo se superou na surpresa.

Louveira, 30 de Maio de 2015. Esse foi o dia X.

Aqui na nossa cidade todos os anos temos a Festa da Uva. Na festa da Uva todos os finais de semana tem shows de artistas famosos, e nesse dia iria tocar Bruno e Marrone, banda que nós adoramos.

Convidamos amigos para nos acompanhar no show, e lá fomos nós… chovia muito naquele sábado, e eu nem me perguntei porque iríamos ao show com aquele aguaceiro todo caindo do céu.

Quando chegamos, o noivo e mais um amigo disseram que iam comprar cerveja (tudo normal), demoraram um bocado para voltar, o Locutor abriu o palco para anunciar a banda e aproveitou para perguntar se ali tinha alguém solteiro. E como de praxe a mulherada vai ao delírio, e o locutor disse que ali no palco havia um homem solteiro a procura de alguém…

Meu (até então) namorado entrou no palco e começou a falar um monte de coisas, enquanto na plateia meus amigos tentavam me convencer que aquela pessoa falando ao microfone era ele.

Entendam… eu sou míope, e não estava enxergando quem estava no palco, e também não reconheci a voz dele no microfone, e pior… quando me convenceram que era ele eu apenas imaginei que o tinham convidado para conhecer a banda (sabe de nada inocente!).

Quando dei por mim só ouvi: “ALINE, VOCÊ ACEITA SE CASAR COMIGO?”, muita gritaria, confusão, e de repente minha amiga colocou na minha cabeça uma tiara com véu.

anel de princesa

Não sabia se eu ria, chorava, corria pra ele ou saia correndo, mas nessas alturas do campeonato meus amigos trataram de me encaminhar rapidamente ao palco, e quando cheguei ali e o avistei de joelhos com a caixinha da aliança aberta já não sabia o que fazer, eu tremi muito, e é claro, aceitei o pedido com o SIM mais sonoro do universo.

Mas, meu conto de fadas não acabou por ai… ele pegou minha mão direita (que tremia mais que vara verde) e colocou no meu anelar a joia mais linda e delicada que já vi.

Sabe aqueles filmes americanos, que a noiva ganha um belo anel solitário com diamantes reluzentes? Pois é, essa é a minha aliança de noivado! Um solitário da Vivara, cravejado com 16 diamantes, de uma delicadeza sublime, e que foi apelidado pelo noivo de “Frozen”.

E daquele momento em diante se oficializou a profecia: ALINE VAI CASAR!

O vídeo… <3

aline-coura Aline Coura



locais-casamento

Dicas para escolher o espaço para casamento

Olá meninas,

Como estão?

No post de hoje vamos falar sobre os espaços para casamento.

O primeiro item que devemos orçar para organizar todo o casamento é o espaço, pois é com ele que vamos ter o maior gasto. Mas para sair visitando os espaços você deve ter duas coisas em mente: quanto você pode gastar e quantas pessoas você vai convidar.

Assim que começar a pensar no casamento sente com seu noivo e converse sobre os custos e possibilidades que vocês tem. Se os pais de vocês irão ajudar ou se só vocês pagarão tudo tenham isso muito claro para que vocês não ultrapasse o limite combinado.

Definido o valor que vocês irão destinar a isso, vocês conseguirão estabelecer quantos convidados farão parte deste momento tão único. Vocês não precisam fechar a lista agora, mas é importante que definam quantas pessoas.

Com esses dois itens acertados vocês já podem pesquisar os espaços de casamento. Hoje em dia há uma grande oferta de espaços: de parques à restaurantes, possibilitando sonhar e escolher o local que mais tenha a ver com o casal.

locais-casamento1

Mas cuidado! Temos visto com maior frequência, infelizmente, pessoas destruindo sonhos por fugir com o dinheiro ou não aparecer no dia do casamento. Para que isso não aconteça com você aqui vão algumas dicas:

  • Pesquise muito! Não tenha medo de dedicar algumas horas de seu dia pesquisando, afinal, é o dia do seu casamento e você quer que saia da melhor maneira possível. Leia sites que indicam espaços, veja depoimentos, peça indicações, participe de grupos no Facebook sobre casamento e procure em sites de reclamação como o Reclame Aqui para ter certeza de que o espaço que você está de olho não tem deixado a desejar.
  • Analise os orçamentos. Depois que você viu que está tudo certo com aquele espaço que vocês se interessaram entre em contato e peça um orçamento. Os espaços estão acostumados a enviarem orçamentos. Não é porque você solicitou que é obrigada a fechar com eles. Leia direitinho o que cada orçamento incluiu e o que estão oferecendo para que você não se surpreenda. Veja com atenção as formas de pagamento.
  • Marque uma visita. Se o orçamento está de acordo com o que vocês esperavam visitem o espaço. Observem cada detalhe com atenção e tentem responder a quatro perguntas: Eu me imagino casando aqui? Este local atende as minhas necessidades? Tem um serviço feito com responsabilidade? É de fácil acesso aos meus convidados?

Se vocês responderam de forma negativa a algumas dessas questões fique com a pulga atrás da orelha e pesquise mais.

  • Feche o contrato. Se está tudo certo e vocês estão felizes com a possibilidade de casar nesse espaço, feche o contrato!! Ao assinar leia tudo o que está escrito, TUDO mesmo, não fique com vergonha, e não esqueça de guardar uma via com você assinada por ambas as partes, pois ela vai te resguardar caso alguma coisa seja colocada em dúvida.

E agora pode comemorar: seu casamento está oficialmente marcado!

😀

Bjos e até a próxima!

Nicolle-Fedoruk Nicolle Fedoruk



emocao-casamento

Convidados, vivam a emoção do casamento!

Cada vez mais os celulares ocupam os nossos convidados. Tenho a sensação que muitos se preocupam mais em postar uma foto da noiva entrando, do que vê-la ali, pessoalmente.

Dias atrás, estava realizando um casamento, quando um senhor, com uma enorme câmera, me pediu para dar licença para que ele pudesse registrar um certo momento da cerimônia. Sim, eu era o cerimonial.

Educadamente, fingi que não estava escutando, afim que ele voltasse a prestar atenção nos noivos. Mas, ele não se deu por vencido e entrou na minha frente, como se estivéssemos ali disputando quem teria o melhor ângulo dos noivos.

Posteriormente, já no auge da festa, o senhor me pediu desculpas e disse que se tratava de uma pessoa muito querida e que precisava registrar todo o casamento. E ai eu me pergunto: o que é mais importante? Registrar o casamento, cuja tarefa é do fotografo, ou prestar atenção em cada detalhe que os noivos prepararam com tanto carinho? Ainda acredito que a segunda opção é a mais válida.

Gostaria que os convidados tivesse bom senso, mas muitos ainda não tem, infelizmente. Seria ótimo se pudêssemos enviar uma cartinha junto ao convite, afim de fazê-lo pensar e ou refletir sobre essa moda. Moda, geradora de status, que o uso do celular (principalmente) trouxe para o nosso cotidiano.

Essa carta transmitiria, tenho certeza, a vontade de muitas noivas e noivos, pois só quem organiza um casamento sabe o quanto cada detalhe é especial e o quanto você quer que o convidado perceba isso.

“Querido convidado, os noivos contrataram uma empresa de fotografia. Sim, eles possuem várias câmeras e uma equipe pronta para registrar todos os ângulos, sorrisos e lágrimas dos noivos e de cada convidado. Além disso, eles pagaram caro para este serviço. Caro mesmo, acredite.

Quando eles voltarem de lua de mel e forem escolher as fotos do álbum, eles querem as fotos que estes profissionais tiraram. Não que a sua não seja especial, pelo contrário. Mas sabe aquela foto que vocês tiraram no meio da festa e ficou super legal? Então, esta foto será super bem vinda. Afinal, todo mundo quer tirar fotos com os noivos.

Sabe o que mais? Quando os noivos preparam um casamento, eles pensam em cada música, cada detalhe e querem que você preste atenção nisso. Querem que você se emocione com eles e que, por alguns minutos, esqueça de qualquer outra coisa. E isso inclui celulares e máquinas.

Para finalizar, eles querem muito que você esteja no álbum deles, mas não na frente da noiva quando ela estiver entrando ou na frente da troca das alianças, quando você resolver fotografar tudo isso, tirando o espaço dos profissionais. Eles querem que você esteja no álbum como alguém que foi ali para compartilhar da emoção dos dois, da alegria em dividir este momento único na vida de um casal.

Lembre-se que a maior lembrança que os convidados podem ter de você no casamento é o seu sorriso e sua felicidade ao vê-los ali, realizando um sonho”.

Aline-Haussmann Aline Haussmann



conto-de-fadas

Um conto de fadas moderno

Quem acha que as mídias sociais são as grandes vilãs dos relacionamentos pode estar enganado. A história desse casal vai fazer com que você volte a acreditar no amor e em como o tempo pode ajudar uma história acontecer. Rafaela e Diego são a prova viva de que uma rede social pode unir pessoas, ou melhor, reaproximar.

O encontro dos dois aconteceu muito cedo, com 3 anos eles eram vizinhos, brincavam juntos e frequentavam as festas de aniversário um do outro. Isto se deu por vários anos, até que com 8 anos Rafaela mudou-se para uma cidade da região metropolitana de Curitiba. Os dois já não podiam se ver da mesma forma e aquela amizade sincera ficou perdida no tempo.

Mas, “o que Deus uniu o homem não separa… nem a distância”. Você já deve ter ouvido que o tempo se encarrega de tudo, de afastar o que não é bom para você e aproximar o que é realmente seu. Pois é, no caso deles não há melhor definição.

Em 2009 o destino resolveu dar uma forcinha para unir esses dois. Diego estava procurando alguns conhecidos e no meio deles viu a foto da Rafaela. Isso mesmo, quase um “esbarrão” virtual ele ficou receoso ao adicionar, afinal “vai que ela nem lembrava mais dele”, ou “será que ela mesmo?” essas dúvidas surgiram, mas mesmo assim tomou coragem e adicionou.

Logo em seguida puxou conversa (afinal tinha que garantir que era a mesma pessoa que ele imaginava): você é a Rafaela filha do senhor Antônio?  Esse foi só a primeira frase de uma longa conversa, lógico, quase 15 anos não se contam em 10 minutos.

Apesar da distância os dois perceberam que o entrosamento e a amizade continuaram os mesmos. O que mudou foi a forma deles se olharem. Já nas primeiras vezes que saíram a Rafa, aquela linda morena de cabelos cacheados conquistou o tímido Diego, que por sua vez enfeitiçou Rafaela com seus olhos verdes.  O namoro engrenou e a partir daquele momento não havia mais motivo para se afastarem.

Foram 5 anos de um excelente relacionamento. Rafa e Diego perceberam que tinham os mesmos gostos, se davam bem e o amor ah… esse era visto a olhos nus por qualquer um.

Para selar essa união em 2014 decidiram que iriam se casar, o pedido foi discreto e íntimo, uma noite em que eles saíram jantar Diego a surpreendeu com o pedido. Pela primeira vez, Rafaela (falante que só ela) ficou sem voz, não por não saber o que falar, mas sim por ver que o sentimento era das duas partes.

O grande dia aconteceu em 24 de janeiro de 2015.

conto-de-fadas-casamento

 

Os dois estavam radiantes, a cerimônia foi ao ar livre, apenas para os amigos íntimos e família. A noiva estava ainda mais linda e o noivo (por incrível que pareça) não estava nervoso, ou conseguiu disfarçar bem. A atmosfera estava leve e alegre, eles conseguiram transmitir em cada detalhe o que realmente era comemorado aquele dia… o AMOR!

Rebeca-Alcantara Rebeca Alcântara 



seu-casamento

O casamento é seu!

Minha paixão pelo universo do casamento é antiga. Desde pequenina sonhava com cada detalhe do meu grande dia – tudo bem que naquela época os detalhes era um tanto irreais, como borboletas sendo soltas após o ‘pode beijar a noiva’ e uma fada madrinha que transformava meu sapato em joias – mas suspirava por cada detalhe.

O tempo se passou, e chegou a minha vez de ser noiva (de verdade!). Os sonhos infantis saíram de cena, abrindo espaço para toda uma neurose casamentesca assumir o controle dessa pessoa que vos escreve. Parece que ao colocar um anel dourado na mão direita abriu-se um portal paralelo para um mundo desconhecido.

Um mundo cheio de pedidos de orçamentos infinitos e, consequentemente, de gastos intermináveis. São detalhes e mais detalhes, minuciosamente e milimetricamente pensados, sonhados, desenvolvidos para que {perfeito} seja o adjetivo usado por cada ser vivente que participe do nosso grande dia.

E foi vendo e orçando um dos 5383 detalhes do meu casamento que eu percebi algo muito sério. E é isso que quero compartilhar com vocês. Após 621 orçamentos de 17 tipos de forminhas para doces (perceberam que tenho uma veia dramática, né? Mas que noiva não tem?!) eu me dei conta que – EU NÃO GOSTO DE FORMINHAS! – eu sei que cada um tem seu gosto, e existem forminhas lindas, mas eu – Larissa – não gostava de nenhuma para chamar de minha.

Então pensei ‘gente, mas porque eu tenho que escolher isso se nunca gostei inicialmente? Só porque na maioria tem?’ Até que eu entendi! Pera aí, por mais que façamos a festa para nossos convidados, ela é minha também e ela precisa ter sim a minha cara, ter a nossa personalidade.

Sendo assim, cheguei a seguinte conclusão: ‘não terei forminhas’. Fiquei feliz, e minha conta bancária alguns dinheiros mais rica.

Essa experiência me fez reparar em uma coisa que vem acontecendo muito atualmente nesse nosso meio: um monte de casamento igual! Mesmo sendo uma ocasião tradicional e com isso cheio de regras e padrões específicos para o dia (por exemplo: não use branco se você não for à noiva) há várias outros centenas de detalhes que podemos deixar com a cara do casal.

É mais importante que seus convidados possam ver você e seu noivo em cada detalhe da cerimônia e da festa do que apenas verem mais do mesmo. Se você não gosta da ideia de ter daminhas, é simples, não tenha. ‘Ah eu não gosto de nenhum docinho de casamento, queria só brigadeiro’ coloque só brigadeiro em sua festa. ‘Quero casar na praia, mas queria ter um pouquinho de brilho na roupa’, veja algo que orne com o estilo praia, com certeza existe.

E mesmo se não existir, crie! O que quero deixar aqui hoje é: não abra mão do seu sonho só porque alguém em algum momento da história deste planeta determinou dogmas casamentícios.

Faça do seu casamento o seu casamento! Com sua personalidade, com a personalidade do seu noivo.

Pode ter certeza que a melhor sensação será você olhando suas fotos e vídeos e pensando ‘meu casamento foi perfeito porque foi meu, e por isso único!

O casamento é seu!

Larissa-Netto Larissa Netto



franciscoserafim-vanessaalkmim

Save The Date | Vanessa e Francisco

Oi meninas!

Estas são algumas imagens do meu Save The Date… <3

Como eu e o Francisco amamos praia (e viajamos sempre para ver esse marzão lindo que Deus nos deu), nada melhor do que realizar uma sessão de fotos pré-casamento à beira mar.

Escolhemos a praia de Camboinhas, em Niterói – RJ.

Fizemos as fotos em dois dias, no pôr do sol e no nascer do sol do dia seguinte.

Foi lindo! Lindo! Lindo!

Amamos fazer o ensaio e amamos ainda mais o resultado final.

Espero que vocês também gostem…

Beijos!

IMG_9241-2 (2) IMG_9232 (2) IMG_9253 (2) IMG_9254 (2)IMG_9347-2 (2) IMG_9350 (2) IMG_9369 (2) vanessa-franciscoIMG_9213 (2) IMG_9195 (2)IMG_9389 (2)IMG_9585 (2) IMG_9579 (2) IMG_9581 (2) IMG_9542 (2)IMG_9470 (2) IMG_9552 (2) IMG_9551 (2) IMG_9641 (2) IMG_9540 (2)IMG_9743 (2)

Save The Date – Vanessa e Francisco

Fotografia: Bianca Ramos

Make: WomanSlim